.


28.1.13

Chaxoila

Se há muito não vai ao Chaxoila, saiba que está diferente. Uma nova gerência tomou conta, desde há escassos anos, desta que é uma das casas mais tradicionais de Vila Real.

O espaço deste restaurante bem antigo, para além de se ter "confortabilizado" na zona interior, tem agora uma zona protegida por vidro que pode ser muito interessante no inverno. A área exterior, com a tradicional esplanada sob a ramada, é um sítio magnífico, especialmente em noites de verão. Pena foi que o piso não tivesse sofrido um arranjo que evitasse uma certa desarmonia com o mobiliário, com consequências incómodas. O serviço é "solto", simpático e quase jovial, o que nos faz esquecer algumas imprecisões. A cozinha começa a estar sólida, embora não deslumbrante, pelo que será de desejar algumas melhorias. A carta de vinhos é excelente, com os Douros naturalmente em evidência.

Nota ao visitante: saia da IP4 em Vila Real Norte, tome a direção da estrada antiga para Chaves. O Chaxoila está 200 metros à direita.

Restaurante Chaxoila
Estrada nacional Vila Real-Chaves
Tel 259 322 654

5 comentários:

  1. Chaxoila de outros tempos e as suas magníficas tripas, então aos molhos eram irresistíveis.
    Espero que se mantenham estes pratos, com a qualidade de sempre, pois quando por lá passar, quero voltar a sentir o prazer de outrora.
    São os cheiros e sabores que nos fazem ter memória.

    ResponderEliminar
  2. a fotografia não é atractiva, um pouco confusa com o portão, traves, fios, arquitectura "pobre" da casa, etc. Melhor uma fotografia interior, da sala de comer.
    Mas não conheço e não faço nenhum juizo sobre o estabelecimento, comento apenas a fotografia..

    ResponderEliminar
  3. Quem conhece a casa, sabe do que se trata, quem não conhece pela foto nunca lá iria.
    Caso a fotografia fosse tirada na primavera ou no verão o aspecto era completamente diferente, pois o verde das parras das videiras que formam a ramada como nós por lá dizemos ou latada como também sói dizer-se melhoravam em muito o cenário.
    Petiscar ou jantar ao fim de uma tarde de verão à sombra, no exterior desta casa, fizeram dela o que ela é hoje.
    Um qualquer vila-realense sabe do que fá-lo…

    ResponderEliminar
  4. José de Castro Sollaquarta-feira, outubro 13, 2010

    Senhor exmbaixador, inclua rapidamente o Clube dos Caçadores em Viseu! Fui lá esta semana levado ainda pela nota que aqui tinha no antigo pontocome. Um espanto! Caça com uma qualidade de comida que raramente se encontra por Lisboa, apresentação, serviço, enfim... o dificil foi mesmo dar com o local, perdido numa floresta junto ao aerodromo. Mas o repasto valeu bem a pena, foi provavelmente uma agradável surpresa, a juntar ao Peleiro perto da figueira da foz.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  5. António Tibúrciosexta-feira, abril 29, 2011

    Sachola, não "saxoila".

    ResponderEliminar